Notícias

23/04/2018 19:00

ATIVIDADES DE INSTITUIÇÕES DA REDE DO OBSERVATÓRIO DA GOVERNANÇA DAS ÁGUAS NO FÓRUM ALTERNATIVO MUNDIAL DA ÁGUA E NO FÓRUM MUNDIAL DA ÁGUA

ATIVIDADES DO IDS, TRATA BRASIL E FUNDAÇÃO BOTICÁRIO DA REDE DO OBSERVATÓRIO DA GOVERNANÇA DAS ÁGUAS NO FÓRUM ALTERNATIVO MUNDIAL DA ÁGUA E NO FÓRUM MUNDIAL DA ÁGUA

Assim como foi noticiada as atividades que o Observatório da Governança das Águas participou, esta notícia aqui tem como objetivo destacar algumas as iniciativas de três instituições do OGA Brasil que enviaram informações sobre suas atividades no dois fóruns realizados em março de 2018.

INSTITUTO DEMOCRACIA E SUSTENTABILIDADE - IDS

20/3 –Roda de Conversa “ÁGUA: DE QUEM É A GESTÃO?”, na Vila Cidadã

Sandra Kishi (MPF), João Bosco Senra (COPASA), Luiz Firmino Pereira (Diretor do Plano Metropolitano do Rio de Janeiro), João Paulo Angeli (Parlamento Nacional da Juventude pela Água) e Guilherme Checco (Instituto Democracia e Sustentabilidade, integrante do Observatório das Águas)

https://www.rebob.org.br/single-post/2018/03/20/Gest%C3%A3o-compartilhada-da-%C3%A1gua-%E2%80%93-a-responsabilidade-%C3%A9-de-todos

 

21/3 – Coletiva de imprensa com Prof. Leo Heller, relator especial da ONU para saneamento – lançamento do relatório “Violação dos direitos humanos no Brasil: acesso à água potável e ao esgotamento sanitário”

IDS, Artigo 19, Instituto Ethos e Conectas protocolaram denúncia formal no Escritório do Alto Comissariado dos Direitos Humanos alegando que o Estado brasileiro vem historicamente violando o direito humano de acesso à água e ao saneamento, uma vez que não fez dispondo de todos recursos disponíveis para o avanço progressivo das condições sanitárias no país.

A denuncia foi entregue formal e pessoalmente ao Prof. Leo Heller em coletiva de imprensa realizada durante o 8º Fórum Mundial da Água, na Vila Cidadã.

O relatório está em anexo e pode igualmente ser acessado pelo link: http://ids-ecostage.s3.amazonaws.com/media/Viola%C3%A7%C3%A3o_dos_direitos_humanos_no_Brasil.pdf

22/3 - Roda de Conversa “Água na Mídia”, na Vila Cidadã

Ana Toni (Instituto Clima e Sociedade), Flávia Rocha, Renato Cunha (jornalista) e João Paulo Capobianco (Instituto Democracia e Sustentabilidade, integrante do Observatório das Águas)

https://www.rebob.org.br/single-post/2018/03/24/%E2%80%98%C3%81gua-na-m%C3%ADdia%E2%80%99-traz-exemplos-de-trabalhos-a-respeito-da-%C3%A1gua-na-televis%C3%A3o-e-levanta-debate

 INSTITUTO TRATA BRASIL - ITB

O Instituto Trata Brasil desde 2016 auxiliou na coordenação do Tema ‘2. Pessoas’ e as sessões oriundas sobre água, que renderam três painéis posteriormente. Mais precisamente estivemos envolvidos no tópico 2.2 Água Como um Direito Humano, que teve a mediação do Léo Heller, Relator Especial para Assuntos de Água e Saneamento Básico da ONU. Durante o 8º Fórum Mundial da Água, de 19 a 23 de março, o Instituto Trata Brasil participou da relatoria desta sessão, que recebeu palestrantes do Egito, Nepal, Suécia e Brasil, para discutir a viabilidade do acesso à água para pessoas classes mais vulneráveis. O relatório apontou a necessidade das entidades internacionais buscarem aproximações com os governos de seus países para que a água seja garantida por meios de Constituição como um Direito Humano, uma vez que já há reconhecimento da ONU para tal.

Ainda no Fórum Mundial da Água, em Brasília, o Instituto Trata Brasil esteve representado pelo presidente executivo, Édison Carlos, em palestras sobre o acesso ao saneamento básico promovido pela Petrobrás, Coca-Cola Brasil e BRK Ambiental, na feira técnica. Os encontros contaram com participação de estudantes, profissionais do setor, jornalistas e interessados no assunto. Foi alertado de que os atuais ritmos de investimentos e obras do setor no país não serão suficientes para atender toda a demanda dos brasileiros até 2030 como almeja as metas do Objetivo do Desenvolvimento Sustentável – ODS.

http://www.tratabrasil.org.br/forum-mundial-da-agua-2018

FUNDAÇÃO GRUPO BOTICÁRIO

Participação - 8º Fórum Mundial da Água

20/03 – Coordenador da sessão “Revitalização de bacias hidrográficas para apoiar a quantidade e a qualidade da água e o bem-estar humano”. Essa sessão liderada pelo United States Army Corps of Engineers - USACE (USA), teve a principal temática de como a revitalização das bacias hidrográficas pode auxiliar na garantia da segurança hídrica e bem-estar humano. A Fundação Grupo Boticário foi selecionada para coordenar a sessão com base em sua experiência prática, apresentando o Oásis que é um modelo de governança e instrumento de incentivo econômico para proprietários rurais que conservam suas áreas, utilizado o Pagamento por Serviços Ambientais (PSA) como instrumento de mobilização. A apresentação gerou discussões relevantes acerca do potencial da natureza solucionar problemas reais relacionados à segurança hídrica e aumento da capacidade adaptativa das comunidades frente às mudanças do clima. Dentre os panelistas/debatedores participaram: Fernanda Laham - Coordenadora de Projetos Ambientais e de Sustentabilidade da Arcadis Consultoria, Dr. Todd Bridges, Cientista Sênior do corpo de engenheiros das Forças Armadas dos Estados Unidos, Sergio Henrique Alves – CODEVASF e representante da International Office for Water (France).

Link na mídia, citando o OGA:

http://www.superacessoinfo.com.br/supervisualizador/visualizador.aspx?idanalisesubcanal=5936996&idemail=4088

http://www.worldwaterforum8.org/pt-br/news/gest%C3%A3o-de-bacias-hidrogr%C3%A1ficas-requer-investimento-pesquisa-e-parcerias

20/03 - Palestrante em evento sobre água e adaptação à mudança do clima organizado pelo Ministério do Meio Ambiente do Brasil, no Espaço Brasil, onde apresentamos o papel das Soluções baseadas na Natureza para adaptação à mudança do clima. Esse convite do Ministério do Meio Ambiente, para participarmos de discussão qualificada no estande oficial brasileiro durante o Fórum Mundial da Água, veio reconhecer uma agenda consistente que vêm sendo construída para atuação no tema de adaptação, com olhar específico para o papel da natureza nesse processo. Dentre os panelistas/debatedores estiveram presentes: Mariana- GVces (Plataforma AdaptaClima), Marcos Cantarino – Coordenador de Mudanças Climáticas, Relações Institucionais e Governamentais e Sustentabilidade na CNI (Planejamento em Adaptação para as Indústrias), Max Uchoa – Diretor-Técnico da Fundação Neumann (Adaptação para plantio Sustentável de Café), Celina Xavier – Gerente de Adaptação do MMA (Plano Nacional de Adaptação – gestão e monitoramento).

https://diariodointeriorsp.com.br/brasil-sera-sede-do-forum-mundial-da-agua-pela-primeira-vez/

20/03 - Palestrante no evento paralelo “Água, Florestas e Biodiversidade” organizado pela Itaipu Binacional. Nesse evento, apresentamos os resultados e lições aprendidas do Oásis, iniciativa de Pagamento por Serviços Ambientais, lançada em 2006 pela Fundação. A discussão de estratégias de governança para os serviços ambientais, em especial água, tem sido refinada pelo modelo do atuação no nível de paisagem e no evento demonstrou grande aderência com metas e estratégias de empresas de geração de energia, como a Itaipu Binacional. Dentre os panelistas/debatedores estiveram presentes Norman Breuer, Diretor de Sustentabilidade da Itaipu Paraguay e um representante do Governo Espanhol.

20/03 Participação como palestrante na mesa-redonda para debater o lançamento do Relatório da UNESCO: Soluções baseadas na Natureza, no Planetário de Brasília, em evento paralelo ao VIII Fórum Mundial da Água. Apresentamos o tema, relacionando a atuação da Fundação e do Grupo Boticário na implementação dos Objetivos do Desenvolvimento Sustentável (ODS), em especial os que se relacionam com Água, Clima e Biodiversidade. Participaram do debate Ewandro Moreira, especialista em Recursos Hídricos da ANA, Rafael Barbieri, economista ambiental do WRI, Angela Ortigara, Coordenadora do Programa de Águas da UNESCO Itália e Haroldo Machado Filho, Assessor Senior do PNUD coordenou a mesa.

21/03 - Palestrante na sessão: “Gestão de água e da terra contribuindo para as metas de mitigação das mudanças do clima”, organizado pelo Asia Water Council para discutir opções de manejo do solo para gestão da água, apresentamos o papel das soluções baseadas na natureza na mitigação e adaptação aos efeitos da mudança do clima. Nessa sessão apresentamos resultados de estudos e discutimos as implicações econômicas e sociais de não se considerar as mudanças clima na gestão e manejo de bacias hidrográficas. Dentre os panelistas/debatedores estiveram representantes de organizações nacionais e internacionais (EMBRAPA-BR, Egito, EUA, Coreia do Sul, China e Japão).

Notícia no Link:

http://www.superacessoinfo.com.br/supervisualizador/visualizador.aspx?idanalisesubcanal=5960471&idemail=4088

21/03 Apresentação do case Araucária+ no evento “Água em Paisagens para Crescimento Verde Inclusivo”, organizado pela União Internacional para a Conservação da Natureza (IUCN) no pavilhão de Soluções baseadas na Natureza. Nesse evento apresentamos o conceito de Ecossistema de Inovação Verde proposto pelo modelo de atuação do Araucária +, iniciativa que visa o desenvolvimento de estratégias inovadoras para a conservação da Floresta com araucária, uma das mais ameaçadas do brasil, a partir da inovação nas cadeias produtivas do pinhão e da erva-mate. Destacamos nossa atuação na definição de padrões sustentáveis junto ao produtores rurais e ações que promovem a inclusão em mercados diferenciados, agregando valor aos produtos e promovendo conservação da floresta. O estudo de caso foi muito bem recebido pelo público e articulou com iniciativas globais que tiveram interesse em conhecer melhor a iniciativa. Dentre os panelistas/debatedores participaram: Carlo Galli - Diretor Internacional de Relações Institucionais da NESTLÉ; Dra Isabelle Fauconnier, Conselheira Sênior do Programa de Água da IUCN Global.

 

21/03 - Organização do evento paralelo: “A natureza como solução integradora” com participação do World Resources Institute (WRI) e da Aquaflora, empresa especializada em modelagem e valoração de serviços ecossistêmicos. Nesse evento, ocorreu a apresentação dos resultados do estudo realizado pela Fundação para São Bento do Sul/SC pelo consultor João Guimarães (Aquaflora) e do estudo “Infraestrutura Natural para Segurança Hídrica no Brasil” pelo WRI, do qual somos parceiros na execução. As apresentações trouxeram um panorama sobre oportunidades de investimento em conservação de bacias hidrográficas visando benefícios como a redução de custos com tratamento de água e aumento de resiliência da sociedade, a partir de investimento em conservação e restauração dos ecossistemas naturais.  O evento contou com um público de atores estratégicos na agenda de água nacional e internacional, gerando discussões para implementação da infraestrutura Natural no Brasil.

LINKS mídia:

http://www.superacessoinfo.com.br/supervisualizador/visualizador.aspx?idanalisesubcanal=5914118&idemail=4088

http://www.superacessoinfo.com.br/supervisualizador/visualizador.aspx?idanalisesubcanal=5958062&idemail=4088

22/03 Palestrante em evento: “Desafios para proteger biomas específicos que reforcem o uso sustentável da água”, liderado pelo grupo de sustentabilidade do 8º Fórum Mundial da Água. Nós apresentamos a nossa estratégia institucional buscando apontar caminhos para conservação dos diferentes biomas brasileiros. A apresentação gerou reflexão sobre a importância econômica das áreas naturais e como os mecanismos de valoração dos seus benefícios podem gerar oportunidades para compatibilização das agendas de conservação da natureza e desenvolvimento econômico e social. Ainda, apresentamos como apoiamos o atingimento de metas globais de conservação por meio do apoio aos planos de ação nacional para conservação de espécies ameaçadas e pela criação e implementação de Unidades de Conservação. Dentre os debatedores/panelistas participou Cláudio Maretti, Diretor de Ações Socioambientais e Consolidação Territorial em Unidades de Conservação, do ICMbio.

http://www.icmbio.gov.br/portal/ultimas-noticias/20-geral/9522-biomas-do-cerrado-caatinga-e-pantanal-correm-perigo

19 a 22 de março - Participação na Feira de Soluções na Vila Cidadã: Fundação foi escolhida como uma das 60 iniciativas em todo mundo que geram soluções para segurança hídrica, com o tema Oásis: Solução baseada na Natureza para segurança hídrica. A feira de soluções foi um espaço concebido pelo processo cidadão do fórum dentro da vila cidadã, buscando aproximar a sociedade das soluções disponíveis para segurança hídrica. As iniciativas presentes eram muito heterogêneas, variando dede projetos acadêmicos, ações de base comunitária, projetos de lideranças juvenis, todos como propósito de conectar suas agendas com demandas da sociedade. Nós cumprimos um papel importante de apresentar as nossas ações para a sociedade que não estava inscrita no fórum e principalmente para grupos de jovens que visitaram com grande volume de pessoas na feira de soluções.

Link na Mídia:

http://www.superacessoinfo.com.br/supervisualizador/visualizador.aspx?idanalisesubcanal=5941253&idemail=4088

 Abril de 2018. Secretaria Executiva do OGA Brasil.

 


Titulo fixo
Crie seu novo site AgenSite
versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo